MEGAVAZAMENTOS: alertamos sobre os maiores vazamentos de dados do Brasil e como se proteger. Saiba mais

Megavazamento de Dados


28 de janeiro de 2021 — Presente

A partir de participação em matéria no Estadão, chamamos atenção para a dimensão do vazamento de dados de 220 milhões de brasileiros e 40 milhões de empresas, dados estes que foram colocados à venda por um hacker na Dark Web. Também em análise realizada em parceria com o jornal, destacamos que algumas empresas foram mais afetadas que outras, pois tiveram seus dados não apenas catalogados e colocados à venda por cibercriminosos, mas também publicados como parte de amostras grátis em um fórum da Internet.

Agradecemos às mais de 8.000 empresas que nos contataram após o artigo inicial e solicitaram mais informações sobre como foram expostas pelo vazamento. Enquanto aguardamos as providências das autoridades brasileiras, continuamos monitorando as notícias e atualizações sobre o vazamento. Leia abaixo nossas descobertas e análise.

Notas e Outras Atualizações

05-Feb-2021 - A Syhunt disponibilizou gratuitamente, nos primeiros dias após a publicação da notícia, somente para empresas e clientes corporativos um relatório detalhado sobre o vazamento. O relatório foi enviado após validarmos o responsável pelo CNPJ ou gestor de segurança da informação da empresa solicitante. Devido à surpreendente demanda por este tipo de relatório e grande repercussão, tivemos que suspender, por tempo indeterminado, o serviço.

01-Feb-2021 - Você pode ter chegado aqui através do link no FuiVazado.com.br - informamos que não participamos da criação da consulta oferecida através do website e não somos afiliados. A Syhunt não disponibilizou em nenhum momento consulta sobre CPFs por estar fora da área de atuação da empresa, que atua voltada somente para a segurança da informação e prevenção contra vazamento de dados no segmento corporativo.

Você é jornalista e tem dúvidas? Fale com nossos contatos de mídia e imprensa